quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Seu encanto


A lua  linda que no céu desponta
Me encanta, me fascina, me aninha.
Ando por estradas solitárias
De emoções vazias
Do mundo quase não quero nada
Só caminho minha estrada
Porque não posso parar
Quero no sentido um motivo
Para viver com um punhadinho
De farinha e pão
Pois o homem não precisa de mais nada não
Proteção somente a divina
E um amor que me entenda
Para que eu não me sinta sozinha
E que tenha por mim um sentimento completo
Para que a noite em seus braços
Possamos ver a lua e seu encanto
E que nesse manto perfeito
Sejamos simplesmente , e somente,
Felizes...

É tudo o que eu quero...



Auxiliadora RS
15/07/2011  15:23

2 comentários:

› Ɲΐєℓℓy › disse...

Adorei seu blog, suas poesias são tão lindas!
Demorei para retribuir a visita pq estou sem internet... Tentei segui-la mais está dando erro :(
Assim que minha net voltar ao normal, eu faço uma nova visita!

Bjos, ótimo fim de semana :)

Poesias Partidas disse...

Amo quando a poesia se instala de mansinho

- se espremendo toda -

entre o sol e o meu "amar".

É, então, que abro a janela e deixo o Universo me sorver,

absorver do meu ser o que houver de melhor

e me absolver do pecado de mim mesmo,

enquanto aguardo o teu despertar.

Marcos Alderico
15/10/2011
00:44h