terça-feira, 18 de outubro de 2011

Poetisa-menina-amante



Hoje eu quero o teu amar
Esse de menina travessa
Quero o teu despertar
De poeta que ama
Que anseia no seio
A figura da amante.
Te quero do avesso
O reverso do verso
Que proclamas – é chama
É urgência
E amas,
e mostra ao universo
que eterno é a poesia
da poeta menina
que eu conheço...


Auxiliadora RS
13/05/2011 09:02

2 comentários:

retrato... disse...

e estou certo que o terás...

as tuas palavras conjugadas com o desejo revelam bem a poeta menina que ama.

Orvalho do Céu disse...

Olá,querida
Lindo o sentir pulsante de um coração que ama!!!
Bjm de paz