sábado, 30 de julho de 2011

Meu pequenino


Filho!

Você é meu presente
que ilumina minha existência
e meu coração.

Coisa pequena da minha vida
que me ensinou a viver e sem medidas
sentir um amor de explosão.

Sou tua para sempre meu pequenino
que hoje é um menino
e depois se tornará um rapagão.

Serei teu anjo infinito
leva meu coração contigo
e nunca me esquece,
Cainan, meu filho!



Auxiliadora RS
09/05/2011  12:17

9 comentários:

Sandra Ribeiro disse...

Ai que menino encantador, e que poesia maravilhosa!

Arnoldo Pimentel disse...

Muito lindo seu poema, linda homenagem ao seu filho.Parabéns, beijos.

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde.Muito bonito o seu poema, eu também sou mãe e fiz um poema para o meu filho, para todos os filhos, que na realidade envolvem as mães, é claro.Chama-se "FILHO".
Eu passei como realmente vejo e sinto essa relação tão linda e inigualável!
Um excelente domingo, e fique com Deus.Beijo grande!

✿ chica disse...

Lindo teu filho e tuas palavras!beijos,chica

soniaconsult disse...

Que mãe coruja
Ele é lindo mesmo
Bjos e uma boa semana

Parole disse...

Parabéns pelo filhão.Ele é lindo e tem uma carinha de sapeca...rsrsrsrs

Eu não tenho filhos, mas deve dar mesmo gosto vê-los crescer e se transformar em pessoas de bem.

Gostei daqui e voltarei outras vezes.

Beijo e grata pela visita.

Dois Rios disse...

Teu filho já é a tua poesia.

Lindo!

Bjs,
Inês

C. disse...

Gracinha ele, Auxi.
Parabéns à você e ao Marcos pelo "feito" :)

SOL da Esteva disse...

Auxiliadora

Os nossos Filhos (e Netos) já são o nosso Poema desde que foram gerados.
Cantá-los, como aqui o fazes, só enaltece o teu orgulho de ser Mãe.

Beijo

SOL