segunda-feira, 30 de maio de 2011

Poesia do instante


Lembranças vêm à minha mente
De tudo que vivemos ontem
Nos momentos felizes, contentes
Das juras de amor existentes
Por nossas bocas ditas
O transar das pernas soltas
Livres das masmorras do tempo
Onde deixamos soltar ao vento
Murmúrios, delícias nossas
A você homem que me domina
Que me preenche inteira, me fascina
Me leva aos ares, me ensina
A amar, transpor o sentimento
Onde o único lamento
É a dor do prazer, no momento
Que da boca findou-se
E na língua o doce
É para ti que me dou
Sou teu presente...


Auxiliadora RS
30/05/2011  08:37

8 comentários:

Colecionadora de Silêncios disse...

Olá, querida!

Vim agradecer pela sua presença no meu espaço e pelas palavras tão gentis acerca dos meus poemas.

Muito obrigada! Fiquei muito feliz com a sua presença por lá e com todo o seu carinho. :)

Vim conhecer seu cantinho e amei tudo! Estou te seguindo para que a gente vá trocando essas impressões poéticas, tá bom?

Beijo grande pra vc... :)

Kiro Menezes disse...

Que lindo... Lendo e relendo, me encanto sempre um novo encantamento!!!!

allmylife disse...

Sempre belas suas poesias Auxi!!
Boa semana p ti =)

Catia Bosso disse...

És um encanto quando escreves...

Aux, adorei o 'nome' do seu gato... rs. Sua poesia é de qualidade! Parabéns!

Trouxe um link pra vc conhecer e brincar lá também, é da amiga Majoli, ela criou p haver interação entre nós... como crianças ainda...



http://nossoladocrianca.blogspot.com/

bjs

Cat

Poema as Bruxas disse...

Nossa bem caliente... forte desejo .. o amor... lindo de se ler, e sentir é claro....

beijos

silvioafonso disse...

.

Não me deixe ir embora pois
não posso e não quero. Não
vou partir para depois ter que
ouvir os seus lamentos, e se
eu estiver longe certamente não
voltarei.
Portanta, não me deixe ir.
Não me faça desistir de ler
o que você escreve e de sorrir
do seu sorriso. Eu não vou. Eu
não saio daqui agora. O dia
lindo que lá fora ardia deu vez
a noite e foi dormir.
Por isso eu daqui não saio.
Não deixo você sem mim para
não ter que ler coisas tão
tristes, como agora...

silvioafonso





.

C. disse...

Amor misturado num caldeirão de emocoes e desejos... lindo!

ॐ Shirley ॐ disse...

Menininha, please, me manda o link do Poesias Partidas? Escafedeu, sumiu daqui. Beijos (tenho uma manauense na família)!