sábado, 28 de maio de 2011

Canção do Amor-Perfeito


O tempo seca a beleza.
seca o amor, seca as palavras.
Deixa tudo solto, leve,
desunido para sempre
como as areias nas águas.

O tempo seca a saudade,
seca as lembranças e as lágrimas.
Deixa algum retrato, apenas,
vagando seco e vazio
como estas conchas das praias.

O tempo seca o desejo
e suas velhas batalhas.
Seca o frágil arabesco,
vestígio do musgo humano,
na densa turfa mortuária.

Esperarei pelo tempo
com suas conquistas áridas.
Esperarei que te seque,
não na terra, Amor-Perfeito,
num tempo depois das almas.

Cecília Meireles (Imortal poeta)



Poesia ofertada para meu amor no dia 13/08/2010. A saudade doía no meu
peito.

8 comentários:

A.S. disse...

Desperta-me de noite
o teu desejo.
Secretamente
entras no meu peito
e sinto os teus dedos
no sono em que me deito...


Beijos...
AL

Catia Bosso disse...

Cecilia sempre Cecilia!

Muito bom

Uns 8 graus faz aqui... aff que frio né! Só aquecendo a alma nos poemas mesmo...


bjss

Cat

Lena disse...

Oi, minha flor
Um verdadeiro tributoao vento, encerrando com uma estrofe, para mim , a mais bonita de todas desse lindo poema da Cecília. Obrigada pelo carinho lá no Amadeirado. Bjs e um ótimo fim de semana!

silvioafonso disse...

.

Cecília nunca se esqueceu
que as palavras são tijolos
que erguem a igreja e os
presídios. Que constroem o
convento e as sepulturas.
Palavras podem ter sentido
duplo, ambiguo. Podem não
dizer nada, mas quando bem
faladas dizer tudo a todos
ou nada a pessoa alguma.
Viva o poeta que reza cantando
hino. Que chora escrevendo
prosa e que vive em sonhos
e pensamentos...

silvioafonso





.

Will disse...

O tempo absorve quase tudo, exceto o que o final do poema diz: "num tempo depois das almas".
Abç sabático.

ONG ALERTA disse...

Uma mulher de belas palavras, beijo Lisette.

leandroaleixo disse...

Muito bonitoo...relamente o tempo seca muitas coisas!!!

Não vo colocar mais o gato nao..pq ja coloquei twitter e o contador online..tem muitas coisas ja!!

C. disse...

Oi florzinha,

Adoro Cecília Meireles, e esse texto pegou na veia. O tempo é mal, nao só seca, como mata também.

Beijocas de bom fim de semana, e tu nao é mala nao, desculpe pelo post falta de inspiracao hehe