terça-feira, 3 de setembro de 2013

Vida marcada


Ouvi o teu comentar
Dos momentos vividos no passado
Dos pecados vis
Fúteis
Mulheres banais
Momentos carnais
Mentiras
Fugas
Lembranças
E o verdadeiro amor não estava lá
E a verdade foi escondida
E depois descoberta
Para o perdão encontrar
Onde está?
Eu não vi....
Fugi...
Não perdoei...
e novamente aconteceu o momento de dor
e doeu!

Auxiliadora RS
26/05/2011  14:46

5 comentários:

✿ chica disse...

Triste e linda poesia! beijos,tudo de bom e cadê nossa amiga? rs Sumiu!! bjs às duas,chica

Arnoldo Pimentel disse...

Deu para sentir toda tristeza do belo poema, parabéns.Beijos.

Solange disse...

amar dói..

bjs.Sol

Um Toque de Afeto disse...

Olá Amiga..

Amar é um desafio..requer coragem, tolerância plausível, e uma boa dose de compreensão...Amar e deixar-se amar é para habilidosos e valentes!

Adoro tuas visitinhas, comentários tão carinhosos e gentis, grata Amiga pela amizade que fortalece!

Forte abraço de Luz!

Lecy'ns

Anne Lieri disse...

Auxiliadora,saudade de vc!Que beleza de poesia e se não perdoamos fica mesmo uma dor que não passa!bjs,