terça-feira, 22 de março de 2011

Saudade



Estou sozinha
Me sinto sozinha
As lembranças teimam em castigar-me
Dos momentos eternos que vivemos naqueles dias
Esse amor que doi em mim
É castigo dos amantes
É doar, é querer viver
É cobrar para não esquecer
Que pertenço a você.

Auxiliadora RS
10/06/2011  19:05

Um comentário:

Kiro Menezes disse...

Quanta doação apaixonada... Lindo ESTAR mais que só viver,

apaixonar-se para pertencer

incondicionalmente!!!