quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015


Os sonhos que teimam em me atormentar
São luzes que brilham em minha mente
São tormentos que me fazem chorar
Inseguranças que sempre estão lá...

Agora começa o meu dia
E a noite fica em segundo plano
E o pano separa a realidade dos sonhos
Esses que não quero mais sonhar...

Hoje, vou ser novamente esperança
E vou aproveitar e deixar as lembranças
Num canto qualquer da minha realidade
Para viver apenas esse dia de hoje...

Agora que a chuva levou para longe as perdas
Vou sofrer menos as incertezas
E aproveitar para viver essa vontade...

Auxiliadora RS
18.02.2015 - 22:57

Nenhum comentário: