sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015


A chuva silenciosa caí lá fora
trazendo nos pingos a esperança
Quero tanto um dia frio para ficar a sós com meu amor
poder lhe fazer juras de paixão
entregar novamente meu coração
e sentir paz...
É inexplicável a beleza das árvores
que se deixam tocar pelos pingos frios
que insenssantemente caí lá fora
e se enlaçam como num beijo quente...

Auxiliadora RS
06/02/2013 - 12:33

2 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Dora
Aqui tá frio, graças a Deus!!! Depois de tanto calor...
Seu poema também aqueceu minha tarde...
Bjm fraternal

Solange Duarte disse...

a chuva é fria..
o abraço e o beijo do amado são quentes..
ah que mistura gostosa!

bjs.Sol