quarta-feira, 10 de abril de 2013

Quero


Quero trilhar caminhos solitários,
Sem ninguém ao meu lado
Quero que o tempo pare
E que tudo sare
Feridas...
Quero a distância tua
Quero me ter nua, crua
Para renascer sem maldades
Desse mundo insano.
 

Auxiliadora RS
05/04/2011  12:56

2 comentários:

✿ chica disse...

Lindo querer! Bela poesia! Tens notícias da Sonia? Não volta ao blog? beijos,chica

Arnaldo Leles disse...

A honra é toda minha Auxiliadora!
E pode ter certeza de que, estarei apreciando todo o seu romantismo poético,
que é muito bom!

Obrigado!
Luz!