sábado, 13 de abril de 2013






E vejo

O reverso

Desse apego

no viver desnudo

simplesmente apelo

num canto  qualquer, nossos pelos



Auxiliadora RS
13/04/2013  00:40


6 comentários:

✿ chica disse...

Linda inspiração! Ótimo domingo, beijos e obrigado pelas notícias ! chica

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Ansiedad por volver acariciar esa Piel y sentir el calor de esos labios.
Precioso.
Abraços e beijos.

INTEGRAL DE MIM E DE MEU TEMPO ! disse...

Hummmm ....
Poema maravilhoso... uma delícia de sensualidade...
Uma coisa rara eu vejo aqui... rimas aliteradas... que soam extremamente sensuais:
vejo-reverso.pelos-apelo....

INTEGRAL DE MIM E DE MEU TEMPO ! disse...

Só lembrando que sou seguidor antigo......
Beijos Auxiliadora...obrigado pela visita!

SOL da Esteva disse...

Auxiliadora, Querida

Interiores e profundas palavras.


Beijos


SOL

Nilson Barcelli disse...

Vi, no teu verso, o inverso do reverso das tuas palavras. Ou seja, os nossos pelos não têm apelo...
Um beijo, querida amiga.