quinta-feira, 21 de junho de 2012

Arrependimentos



Ah!!! Se meus suspiros fossem palavras
Expressariam meus lamentos mais profundos
E chorariam lágrimas dos tormentos
De meus segredos deveras impuros

O que se pode fazer se não retorna
O tempo cruel que apenas passa
Deixando na alma uma mancha
Do pecado que o perdão não cura?

Ah!!! Meu amor as lembranças esquecidas
E a dor enfrentada antes adormecida
Deveria apenas passar despercebida
Assim como a juventude que se cala, inibida



Auxiliadora RS
21/06/2012  14:41

Um comentário:

Parole disse...

Como diz o ditado: Se arrependimento matasse... mas não há escolha a não ser seguir com mais cuidado.

Beijinhos.