quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Suportar




Pensei que poderia suportar
Ver tuas poesias lindas dedicadas a outra

Pensei que poderia suportar
Teu passado de mentiras

Pensei que poderia suportar
Imaginar teus toques em outros corpos

Pensei que poderia suportar
Teu suspirar ao lembrar da  rejeição

Pensei que poderia suportar
Tua desilusão, martirio de outro amor

Pensei que poderia suportar
Tua dor... Essa que sentes calado
Nas tuas lembranças que não me encontro

Pensei que poderia suportar
Ser opção de um coração cansado de sofrer
Sofrer por amor, querendo amor, suplicando "aquele" amor

Pensei que poderia suportar
mais não posso...

Me doi o peito e não tem jeito
Eu queria ser o passado e o presente
Sempre, ser sempre
A lembrança mais querida
A mais sentida
A mais desejada
Guardada e aguardada
Queria ser somente
Eu e tu
Tu e eu
Somente a gente
Para sempre
Ser único amor...



Auxiliadora RS
25/04/2011  10:11

9 comentários:

♥Soniaconsult♥ disse...

Eu li uma frase que dizia, no onibus da vida tirando o motorista e o cobrador o resto é passageiro.
o passado já passou isso é que importa...
bjos amiga

N. Barcelli disse...

Tudo é suportável...
Mas dói...
Excelente poema, querida amiga.
Beijo.

Catia Bosso disse...

A gente sempre acha que pode suportar qualquer coisa... mas nem sempre é assim... se bem que o amor é sempre lindo!

Bjssss meussss

CAt

Parole disse...

Seu poema é lindo! Doeu na alma...


Beijo

ॐ Shirley ॐ disse...

Essa constatação dói demais...Mas, como tudo na vida, passa. Beijo, Auxiliadora!

Borboleteando disse...

Oi, querida! Tem um selinho bem fofo para você em meu blog:

Lena disse...

Auxiliadora,
O poema é lindo, tocante, dolorido, mas belo!!!Fazer o quê??? Bjkas com carinho e um excelente fim de semana!

*Simone Poesias* disse...

Triste, mas muito expressivo seu poema.
Parabéns!
Bjinhosss ;)

Borbolet's disse...

´MUITO LINDA FEITA M UMA VZ P MIM RS