quarta-feira, 23 de maio de 2012

Sem sentido



Os dias passam lentamente...
sinto o sol na minha pele, um arrepio percorre-me,
estou aqui a esperar as horas incansáveis
me sinto feliz e triste, me sinto sem poesia
quero voltar a ser palavras...
Fui  em busca de um momento, que não fosse meu
o “teu” já me bastaria,
queria um que fosse "nosso" a enfeitar  

belas poesias,
minhas poesias...
Ladrilhar caminhos sem destino
é assim que sinto e recito
a poesia que em volta de mim hesito
Em ficar e falar assim, sem sentido
O sentimento sentido em mim
por isso eu vomito...

Auxiliadora RS
23.05.2012  00:35hs

4 comentários:

Catia Bosso disse...

Olá Aux, Olá MArauxxxx

Saudades, mas nunca deixo de passar por aqui...as vezes não consigo comentar, mas meu coração é de vcs sempre!

bjsssss meusssss

Catita

Catia Bosso disse...

Fiquei uma meia hora brincando com o Maraux...kkkk

ॐ Shirley ॐ disse...

Bonito, Auxiliadora, gostei. Beijos e ótimo domingo!

Parole disse...

Olá querida.

Quando nada nos encanta e faz bater forte o coração, ficamos assim mesmo... os dias passam lentos à espera de que algo mude.

Beijinhos.