sábado, 18 de agosto de 2012

Feliz Aniversário, amor!!!!


 

Como materializar um dizer?
Como dar corpo às palavras?
Como atribuir alma aos signos e dar-lhes vida?
Não é possível. Então, escrevo.
E ainda que eu fosse um grandíloquo
Nada há de neológico, linguístico,
Místico ou tecnológico
Que me torne capaz de materializar o ideológico.
Então, devo ser louco.
A razão que me resta como explicação
É a loucura.
Sou, e sempre fui louco por sua doçura,
Encanta-me a sua alvura.
Fascina-me a maciez do corpo que me envolve,
Que me usa e em pedaços me devolve
À Poesia, que me cure e renove.
É nesse instante que a palavra me move
E a vida me dá mel e sândalo.
Amar você é um escândalo,
Mas também é balsâmico,
É profano, é profundo
E eu me entrego a esse amor
Que me entorpece
E o que me entristece
É não dar corpo à palavra “amor”.
Acho mesmo que amor somos nós dois,
Que, quando somados, somos só um,
Um ser enigmático, “amatemático”,
Sinalagmático, inexplicável
E complicado,
Exatamente como o amor deve ser...


Hoje, amo você mais do que sempre. Feliz aniversário!

** Presente do meu amor do Poesias Partidas**

Marcos Alderico
18/08/2012
01:40h

3 comentários:

Pedro Luis López Pérez disse...

¡Que exaltación de Sentimientos y Sensaciones transmite esta Hermosa Poesía!
Una Preciosidad para tan bella e inolvidable fecha.
Un abrazo.

CLEMENTE GERMANO MULLER disse...

Boa madrugada querida amiga Auxiliadora. Puxa, assim que pude vim correndo te desejar, mesmo um pouco atrasado, um FELIZ ANIVERSÁRIO. Que DEUS continue a zelar por você e que todos os teus sonhos se tornem uma feliz realidade. Peço desculpas mas esta difícil entrar na net aqui nesse pedaço do Brasil, o qual o teu marido conhece muito bem né... Muito quente aí em Manaus? acho que sim né... Um grande beijo, tenha um ótimo e abençoado domingo. Fiquem com DEUS.

Alessandra disse...

OI!
Parabéns pelo blog!
Seguindo.

Uma ótima semana!

bjo

www.miinteressa.com